10 de março de 2017

íntimo

pareço dura
às vezes até sou
mas me emociono com pouco

criança sorrindo
choro de alegria
abraço forte
refrão de música
solos com instrumento de sopro
vento na cara
até parabéns pra você

andar de mão dada
lambida de cachorro 
olho no olho
reunião de família
roda de violão
barulho de cachoeira
pôr-do-sol na praia
carinho no nuca

chegadas
mais que despedidas
matar saudade
deitar no colo
cheiro de manhã úmida
pisar na grama


tudo me emociona
enche meus olhos de lágrima
ainda que não escorram

embora eu pareça dura
e às vezes até seja

Nenhum comentário: